____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Pinheiro Futebol Clube Briga Para Não Cair Para Série C

O Goiás definitivamente não consegue fazer o que dele se espera em se tratando de um campeonato de segunda divisão: vencer.

O empate no Serra Dourada contra o Luversense mostra claramente que o problema no Goiás é mais profundo.

Era é humano mas persistir no erro é próprio dos Pinheiros. Não quero ficar aqui apontando os erros da atual.diretoria já que eles são diários. 

Como sair da crise atual. Primeiro troca do comando técnico. O Goiás precisa de um técnico que treine o time e não de um técnico para ser treinado pelo Goiás como acontece hoje.

Nunca fui de ficar em cima do muro e na minha opinião o Goiás deve imediatamente contratar um técnico com perfil de linha dura. Argel ou PC Gusmão. O objetivo do time é não cair já que subir se tornou impossível.

PMDB Sofre Derrota na Justica

O PMDB requereu à Justiça Eleitoral um pedido cautelar com busca e apreensão, pedindo que fosse determinada a imediata proibição de citarmos a operação Ouro Negro. Pediram também que além da proibição de citarmos a Operação, ainda fossem apreendidas as cópias do livro e proibida a veiculação da entrevista dele no Rádio. OS PEDIDOS FORAM INDEFERIDOS.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Goiás Contrata Márcio Para Desviar o Foco dos Fracassos da Diretoria

O Goiás mais uma vez faz o que sempre fez no futebol goiano: usa de método arcaicos de seus dirigentes ultrapassados para tentar reverter fora de campo as derrotas dentro dele.

A contratação do goleiro Márcio por parte do Goiás é  mais uma página negra da história desta geração de dirigentes.
Primeiro porque o Goiás não precisa do Márcio, segundo porque o goleiro do Atlético já está próximo de encerrar sua carreira.
Terceiro que o objetivo do Goiás ao contratar o goleiro Márcio não foi para resolver o problema do time mas sim para tentar prejudicar o Atlético.

O Goiás não sobe este ano e o objetivo agora é não deixar o Atlético subir, ao mesmo tempo que ilude seu torcedor desviando o foco dos reais problemas que o clube atravessa com uma gestão fraca e ultrapassada.


Terceiro porque durante este tempo todo que o Márcio está no Atlético  só agora é que os dirigentes esmeraldino perceberam que Márcio é  melhor que os goleiros do Goiás?

O Goiás não contratou Márcio porque precisa do Márcio

Bombeiros Estão Praticando Pesca Predatória

A pesca predatória continua a fazer um grande estrago nos rios e lagos em Goiás. Nos últimos anos no entanto o perfil de quem pratica a pesca predatória mudou um pouco. Hoje o principal praticante da pesca predatória não é mais o ribeirinho  ou matuto e sim pessoas com amplo conhecimento do crimes que estão cometendo.

Além da pesca com tara fãs,  redes e espinheis agora foi introduzida uma nova pesca predatória:  A pesca sub aquática que é praticada por pessoas da alta sociedade . Este tipo de pesca é extremamente prejudicial à fauna aquática porque praticamente dizima os  peixes reprodutores provocando um dano irreparável ao meio ambiente, pois com isso diminue sensivelmente o repovoamento de lagos e rios. O pior que este tipo de pesca vem sendo praticado até por pessoas muito esclareceridas como por exemplo bombeiros, como chegou ao conhecimento deste blogueiro. Diante desta situação o que fazer? Pergunta para o delegado da Delegacia do meio ambiente Dr. Luziano  responder.

A MISS BRASIL QUE DEU NOME A UMA CIDADE DE GOIÁS

Curiosidade Goiana

Em 12 de junho de 1949, no Hotel Quitandinha, em Petrópolis, a menina goiana de Itumbiara, JUSSARA MARQUES, foi escolhida a MISS BRASIL. Naquela época, o Concurso de Miss Brasil mobilizava toda a imprensa brasileira, jornais, revistas, rádios e televisões. Jussara foi Miss até 1954, quando foi eleita a baiana Marta Rocha.
Saiu nas capas das principais revistas que circulavam no Brasil e encantava a todos com a sua beleza do interior.
Sua fama foi tanta que, em 1950, por sugestão de Orozimbo Coimbra Bueno, pai do então Governador de Goiás, Jerônimo Coimbra Bueno, o povoado da Colônia Agrícola Água Limpa, elevado a município mais tarde, recebeu o nome de JUSSARA.  
Jussara tem cerca de 20 mil habitantes e fica na microrregião do Rio Vermelho.
A Miss Jussara Marques faleceu em 24 de fevereiro de 2006. no Rio de Janeiro, aos 75 anos de idade, vítima de câncer.

Por Romualdo Santillo

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Seis suspeitos de cinco explosões de caixas eletrônicos vão para a cadeia

Grupo Antirroubo a Bancos da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GAB/Deic) da Polícia Civil desmantela organização criminosa que agia em Goiânia, Goianira e Trindade. Vice-governador e secretário de Segurança Pública, José Eliton destaca alto índice de resolutividade de crimes em Goiás. Delegado Alex Vasconcellos diz que criminosos são monitorados constantemente porque chance de reincidência é grande

 

A Polícia Civil, por meio do Grupo Antirroubo a Bancos da Delegacia Estadual de Investigações Criminiais (GAB/Deic), desarticulou organização criminosa responsável por pelo menos cinco explosões a caixas eletrônicos ocorridas neste mês de julho em Goiânia e Região Metropolitana. O grupo foi apresentado durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (25/07) e que contou com a participação do vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), José Eliton.

O titular da SSPAP destacou o alto índice de resolutividade de crimes pela Polícia Civil e a integração do trabalho das forças policiais. Enfatizou que investigações como a que resultou na prisão destas pessoas são complexas e que demandam investimentos em inteligência e tecnologia, o que já vem sendo feito pela Secretaria. E parabenizou os policiais civis envolvidos na operação.

 

Foram dois meses de investigação que resultaram no cumprimento de seis mandados de prisão preventiva na noite da última sexta-feira (22). Seis pessoas foram presas no Residencial Tempo Novo, em Goiânia, e no Setor Maysa, em Trindade, no momento em que se preparavam para outra ação: tentariam explodir dois bancos, de forma simultânea, em Palmeiras de Goiás, a cerca de 80 quilômetros da capital. Com eles a polícia encontrou um Honda Civic, veículo que era utilizado nos crimes, cinco quilos de explosivos e um simulacro de arma de foto, além de outros objetos.

 

As investigações apontam que três dos seis criminosos têm relações familiares: um deles é Jorge Santana de Araújo, 21, apontado como líder do grupo. Ele é filho de Raquel Vieira Costa de Oliveira, 39, casada com Fabrício Amorim Machado, 35, padrasto de Jorge, e que cumpria pena no regime semiaberto desde o último dia 12 de julho deste ano.

 

Também foram presos Marcelo Antônio Marques Pereira, 39, Lyneker Guilherme Silva Oliveira, 23, e Lucas Fellipe Martins Melo, 24. Lucas é de Uberlândia (MG) e de acordo com seu depoimento à polícia, já teve 54 mandados de prisão expedidos. Jorge e Marcelo já foram detidos em 2015 pelo GAB/Deic por cometerem o mesmo tipo de crime. Todos são considerados pela polícia como sendo de alta periculosidade e já praticaram roubos a bancos, roubos de cargas, sequestros e homicídios.

 

As investigações, conduzidas por policiais civis do Grupo Antirroubo a Bancos da Deic, contou com apoio de agentes do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GT3). Ao todo foram 19 agentes, dois delegados, três escrivães e um papiloscopista envolvidos na operação. Também participaram da entrevista coletiva, além de José Eliton, o titular do GAB, Alex Vasconcellos; o delegado-adjunto, Samuel Moura; o delegado-adjunto da PC, Marcelo Aires; e o comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Divino Alves.

 

Os crimes
Em Goiânia, os criminosos explodiram parte de um banco no Setor Bueno, um caixa eletrônico em um cemitério e uma agência bancária no Setor Rodoviário. Também são autores de ataques registrados em Goianira e em Trindade, todos neste mês de julho.

 

A audácia e ousadia do grupo também chamam a atenção da polícia. É possível ver em um vídeo obtido por agentes do GAB/Deic a explosão de caixas eletrônicos em um banco no Setor Rodoviário. Na sequência, um dos criminosos afirma: “Já era! Agora é só contar”, referindo-se ao dinheiro que seria recolhido. Porém, a tentativa fracassou e nada foi levado.

 

O delegado Alex Vasconcellos também explicou que esses criminosos são constantemente monitorados pela Especializada. “Monitoramos porque a chance de reincidência é muito grande e com esse grupo não foi diferente”, disse. O delegado afirma que, quando soltos, esses criminosos articulam entre si e formam outras organizações.

 

Endurecimento das penas
Para o vice-governador e secretário de Segurança Pública, José Eliton, em Goiás tem se observado “forte declínio nos indicadores de violência”, mas, segundo ele, seria possível avançar mais se houvesse mudanças na legislação penal. Disse também que no estado as ações de enfrentamento ao crime continuarão firmes. “Não vamos nos afastar um milímetro dessa linha de atuação”, sentenciou.

 

Essa é a nona organização criminosa de roubo a bancos desarticulada pelo GAB/ Deic nos últimos quatro meses. Ao todo, 45 pessoas já foram presas.  A ação conjunta entre as forças policiais contribui sistematicamente para desarticular grupos criminosos de roubo a bancos.

 

Este trabalho se consolidará ainda mais com o avanço da força-tarefa a partir da integração das inteligências de sete unidades da federação que formam o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (GO, TO, RO, MT, MS, DF e MA). O organismo é presidido pelo secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, José Eliton.

Video do Dia do Governador Marconi Perillo

O governador Marconi Perillo comandou nesta segunda-feira (25/7) as atividades de transferência da Capital do Estado para a Cidade de Goiás. A transferência, com a instalação dos três Poderes e anúncio de obras e benefícios, é realizada junto ao aniversário de fundação da antiga Vila Boa de Goiás. Confira os detalhes no vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=Cf1LEvVX0vw&feature=youtu.be

Marconi entrega título de cidadania ao funcionário mais antigo do Palácio Conde dos Arcos e  recebe Tarzan de Castro para lançamento de livro

O governador Marconi Perillo participou da entrega de Título de Cidadania Vilaboense ao diretor do Palácio Conde dos Arcos, José Filho, na tarde desta segunda-feira, 25, em solenidade no próprio Palácio. Mais tarde, participou também do lançamento do livro “Vida, lutas e sonhos”, do escritor e militante político Tarzan de Castro.

Marconi disse que é um título justo e parabenizou a Câmara Municipal de Goiás pelo gesto: "José Filho é o guardião desse Palácio. Acho que demorou muito para José Filho receber esse título. Ele sabe de cada detalhe e informação da história do Conde dos Arcos. Nós o consideramos da nossa família, afinal são quase 20 anos de convivência", reconheceu.

José Filho nascido em Bandeirante (MT) cuida do Palácio há 40 anos. Emocionado, ele agradeceu pela homenagem e ressaltou a honra que é trabalhar no museu. A honraria é proporcionada pelo legislativo municipal que tem no seu comando a presidente, vereadora Eliane de Bastos. E a propositura do título a José Filho foi do vereador Jorcelino Santos (Celino).

A prefeita Selma Bastos falou sobre a forma competente e amorosa que José Filho cuida do Palácio: "Essa homenagem é uma representação de como nos sentimos honrados e gratos por tê-lo agora como verdadeiramente um cidadão de Goiás”. 

Participaram da homenagem, os secretários Sérgio Cardoso (Articulação Política), Raquel Teixeira (Seduce) e o superintendente executivo de Cultura, Nasr Chaul.

Livro de Tarzan - Na sequência da agenda, o governador e a primeira-dama, Valéria Perillo, abriram os jardins do Palácio Conde dos Arcos para o lançamento do livro biográfico do escritor Tarzan de Castro “Vida, Lutas e sonhos”. A obra é um balanço de suas múltiplas aventuras políticas no Brasil, na China, no Uruguai no Chile, na França e na antiga União Soviética.

"A história de Tarzan é a história de um grande brasileiro. Quando votei pela primeira vez, votei em Tarzan para deputado estadual exatamente por conhecer sua luta. Estou emocionado em recebê-lo aqui. Fico feliz por este momento que demonstra mais uma vez o caráter democrático de Tarzan", afirmou Marconi.

Tarzan ressaltou em seu discurso sua relação com a cidade de Goiás durante sua juventude.  Aos 78 anos (completa em junho), avalia que chegou o tempo de contar tudo — inclusive sua vida sexual, com guerrilheiras, não-guerrilheiras e até uma freira bela e pudica. Há espaço para histórias bem-humoradas. A obra foi escrita com o apoio de pesquisadores da Universidade Federal de Goiás.

Presidente da Associação Goiana de Imprensa, Valterli Guedes, disse que Marconi tem feito um trabalho diferenciado pela cultura de Goiás: "Hoje o nosso Estado conta com um governador que tem preocupação e cuidado com a cultura". Estiveram presentes, no lançamento, personalidades do meio cultural e intelectual da cidade e do Estado.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos Deve Ter Novo Comando

Delegado Geral Dr. Álvaro de Cássio
O delegado Geral de Polícia Civil do Estado de Goiás, Álvaro de Cássio participou na última quinta-feira de uma ação de enfrentamento direto contra um ladrão de carro e conseguiu recuperar uma camionete S10  que acabara de ser roubada. O ato, um tanto atípico  é especialmente representativo, pois mostra claramente uma mudança de comportamento com o exemplo vindo do comando: Uma polícia mais operacional, uma polícia de mais ação.

O governo de Goiás quer reduzir drasticamente o número de carros roubados no estado e especialmente em Goiânia. 

Os números atuais não são aceitáveis, neste sentido o Delegado Geral Dr, Álvaro de Cássio, já recebeu carta branca para promover as alterações necessárias para que este número seja reduzido.

Um das medidas que deve ser tomada pelo comandante Geral da Polícia  Civil e colocar no comando da Delegacia de Furtos e Roubos de veículos alguém que tenha o perfil operacional. 

O nome do Delegado Kleyton Manoel Dias titular do 5º DP é o mais cotado para assumir o comando da Furtos e Roubos. Além de ser considerado legalista, Kleyton é extremamente competente e pode desenvolver operações capazes de reduzir significativamente os números de veículos roubados na capital e no interior.

Kleyton Manoel conta com a confiança e simpatia do diretor Geral da Polícia Civil para assumir o Comando da Furtos e Roubos , no entanto, oficialmente o Dr, Álvaro de Cássio ainda não se pronunciou sobre a possível mudança no Comando da Furtos e Roubos.

O Secretário de Segurança Publica José Eliton concedeu autonomia para o Delegado Geral fazer as mudanças que achar necessárias. O que o governo de Goiás quer é resultado, diminuição dos indicies de criminalidade e redução no número de carros roubados em Goiânia e em Goiás.

Delegado Geral da Polícia Civil Álvaro Cássio Comanda Perseguição e Captura de Suspeito de Roubo


Álvaro Cássio e dois agentes recuperam camionete Chevrolet S10, de propriedade de militar reformado que reagiu ao assalto. Após tentativa de fuga, Rhuan Henrique de Souza, 20 anos, que estava armado com uma pistola calibre 380, foi alcançado e preso em flagrante



O delegado geral da Polícia Civil, Álvaro Cássio, participou pessoalmente, ao lado de dois agentes policiais, da captura de Rhuan Henrique de Souza, 20 anos, no momento em que fugia após roubar uma camionete Chevrolet S10, cor preta, placa HDO-3401. Após perseguição, o suspeito foi rendido e preso em flagrante na Avenida Perimetral Norte, Jardim Diamantina, nas proximidades do posto de combustível Gato Preto, no final da tarde de quinta-feira (21/07). Ele estava armado com uma pistola Taurus calibre 380, cor prata, que continha 15 munições intactas e apresentava no corpo marcas de perfuração de disparos de arma de fogo. 

O delegado geral da Polícia Civil, Álvaro Cássio, durante captura de Rhuan Henrique de Souza, 20 anos, que empreendia fuga após roubar uma camionete Chevrolet S10: “É um orgulho sair às ruas e frustrar uma ação criminosa. O inimigo comum é o bandido”


Após Rhuan Henrique de Souza ser rendido e algemado, as autoridades da Polícia Civil solicitaram viatura de socorro do Corpo de Bombeiros (UR 201) e pediram apoio a militares do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO). O suspeito foi encaminhado ao Hospital de Urgência de Goiânia (Hugo), onde recebe tratamento médico. 


A camioneta recuperada e outros objetos pessoais pertencem ao policial militar reformado Amauri Alves da Silva, que reagiu ao roubo quando saia de uma farmácia no Jardim Diamantina, região norte da capital. Ele estava com a arma na mão quando o delegado geral da Polícia Civil o avistou e fez a abordagem, tendo sido informado de que era vítima e que o suspeito acabara de levar o veículo após tiroteio. 



Álvaro Cássio imediatamente decidiu pela perseguição, junto com dois agentes, após cientificar-se a respeito da rota de fuga, na direção do Campus II da Universidade Federal de Goiás (UFG). A operação obteve êxito e Rhuan Henrique de Souza foi alcançado nas proximidades do Ribeirão João Leite. O auto de prisão em flagrante delito foi registrado na Central Geral de Flagrantes e Pronto Atendimento ao Cidadão, da Polícia Civil.



O delegado geral Álvaro Cássio afirma que o cargo que ocupa como dirigente da Polícia Civil de Goiás aumenta ainda mais a responsabilidade nas ações de combate ao crime e que está pronto para pessoalmente agir, não importam as circunstâncias. Após a divulgação do fato, ele recebeu inúmeros cumprimentos pelo “exemplo” que acabara de dar ao comandar uma perseguição que resultou na captura do suspeito. 



Álvaro retornava de uma cansativa viagem aos municípios de Posse e Aragarças, onde participou da instalação de dois Subcomitês Integrados de Segurança Pública na quinta-feira (21/07). Ele se dirigia do aeroporto Santa Genoveva, em companhia dos dois agentes policiais, na direção da residência quando se deparou com o fato. “Policiais e dirigentes, mais que todos os outros, têm o dever de estar 24 horas a serviço da população”, afirma. Após mais de três décadas dedicado à segurança pública, diz que “é um orgulho sair às ruas e frustrar uma ação criminosa”. Afinal, “o inimigo comum é o bandido”, conclui ele.