Ministério Agricultura

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Rússia diz que matou líder do Estado Islâmico e mais de 300 Terroristas

O líder da organização jihadista Estado Islâmico (EI), Abu Bakr al-Baghdadi, teria morrido no dia 28 de maio, após um ataque da aviação russa nos arredores de Al Raqqa, na Síria, de acordo com anúncio realizado nesta sexta-feira pelo Ministério de Defesa da Rússia.

"Segundo informações que recebemos por diversos canais, o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, estava em uma reunião de chefes do EI atacada pela aviação russa e foi morto na ação dos aviões su-35 e su-34", disse o Ministério, através de um comunicado.

No ataque "também foram mortos outros líderes do grupo terrorista, integrantes do chamado conselho militar do EI, além de 30 comandantes de nível médio e cerca de 300 guerrilheiros", afirmam os militares russos.

A aviação russa bombardeou os jihadistas na madrugada do dia 28 do mês passado, depois que seus drones confirmaram o local e hora da reunião dos chefes do EI.

Os militares dos Estados Unidos, que dirigem a coalizão internacional para lutar contra o EI na Síria e o Iraque, foi informada pela Rússia antes do ataque.

Catar Vai Fazer Maior Transporte Aéreo de Bovinos da História: 4 Mil Vacas

Um empresário do Catar está planejando transportar ao país, dentro de aviões, um total de quatro mil vacas holandesas. A iniciativa é parte dos esforços para manter o suprimento de leite no emirado no Golfo durante o bloqueio diplomático estabelecido pelas potências vizinhas.
Anunciado como o maior transporte aéreo de bovinos da história, o plano foi descrito por Moutaz al-Khayyat, presidente da Power International Holding, à agência de notícias Bloomberg.
Khayyat afirmou que seriam necessários cerca de 60 voos para levar os animais, que pesam em torno de 590 quilogramas cada. "Esse é o momento de trabalhar em prol do Catar", disse o executivo ao veículo, contando ainda que comprou as vacas leiteiras nos Estados Unidos e na Austrália.
A empresa de Khayyat, responsável pela construção do maior centro comercial do Catar, está expandindo seus negócios agrícolas numa fazenda a cerca de 50 quilômetros da capital Doha, com área equivalente a 70 campos de futebol.
O empresário deu início à produção de leite de ovelha no local, e a importação das vacas holandesas, para ampliar seus negócios, já estava nos planos, mas os animais viriam de navio. Com o isolamento do Catar na semana passada, o projeto precisou ser acelerado, contou Khayyat.
A previsão, segundo o executivo, é começar a produzir leite fresco ainda neste mês. Ele espera que a demanda do país por laticínio seja suprida em até um terço até meados de julho.
Isolamento diplomático
Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Egito decidiram, em 5 de junho, suspender as relações com o governo em Doha, alegando que o emirado apoia o terrorismo. Apesar de ser um dos países mais ricos do mundo, o Catar importa alimentos básicos, como carne, leite e açúcar.
Até então, grande parte dos laticínios consumidos no país vinha das nações vizinhas, incluindo a Arábia Saudita. Após o bloqueio diplomático, Riad fechou a única fronteira terrestre da península do Catar, por onde passavam cerca de 40% de todos os alimentos importados pelo emirado, gerando um temor pela escassez de comida.
Em apoio a Doha, o governo da Turquia tem tentado repor os produtos que desapareceram das prateleiras dos supermercados do país, como o iogurte. Marrocos e Irã também se comprometeram a fornecer alimentos ao emirado. No fim de semana passado, autoridades em Teerã comunicaram o envio de cinco aviões com toneladas de frutas e legumes.
A justificativa oficial das potências do Golfo é de que o país apoia o terrorismo do "Estado Islâmico", da Irmandade Muçulmana e do grupo radical palestino Hamas, assim como de grupos extremistas na região de Qatif, no leste da Arábia Saudita, e no Bahrein. O governo em Doha nega as acusações.

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Dona do Palmeiras Diz Que Time Precisa Se Reinventar

São quatro derrotas em sete jogos no Campeonato Brasileiro, desempenho muito aquém do que é esperado dos atuais campeões e integrantes do, para muitos, melhor elenco do Brasil. O início irregular do Palmeiras na competição vem gerando muitos questionamentos por parte da imprensa e da torcida, e nem mesmo Leila Pereira, presidente das principais patrocinadoras do clube (Faculdade das Américas e Crefisa), colocou panos quentes sobre a situação.
Após mais uma derrota em clássicos neste ano, agora para o Santos, por 1 a 0, nesta quarta-feira, Leila fez uma postagem em uma rede social com um quê de crítica ao que vem sendo realizado até aqui no Palmeiras. Investindo pesado no clube nesta temporada, a executiva demonstrou sua insatisfação com uma foto do banco de reservas do Palestra Itália acompanhada de uma legenda bastante sugestiva.
“Quando chega o novo dia, a gente deve aprender que todos devemos ter o compromisso de nos reinventar. De superar as adversidades. Forza Palestra”, escreveu Leila Pereira.

Com a derrota na Vila Belmiro, o Palmeiras caiu para a 15ª colocação e está a apenas dois pontos da zona de rebaixamento, hoje composta por Atlético-MG, Vitória, Avaí e o lanterna Atlético-PR. É evidente que a pressão sobre o elenco é grande. Basta saber se o técnico Cuca e seus comandados conseguirão dar a volta por cima e fazer jus ao título de melhor time do país.
O próximo compromisso do Palmeiras acontece no domingo, quando o time encara o Bahia, na Fonte Nova, em Salvador, às 16h (de Brasília).

São Paulo Teve Apito Amigo Para Se livrar de derrota Contra o Sport

O Sport não venceu o São Paulo nesta quarta feira na  ilha do retiro graças ao apito amigo de Heber Roberto Lopes que deixou de marcar um pênalti claríssimo do zagueiro Wesley do São paulo em cima do atacante André do Sport aos 49 minutos do segundo tempo. O árbitro viu que foi pênalti, todo mundo viu, até os jogadores do São Paulo, o árbitro só não quiz marcar a penalidade, simples assim.

Grêmio Encara Time de Meninos do Fluminense no Maracanã

O Fluminense reencontra o Grêmio nesta quinta-feira, às 21h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), em confronto válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Um clima de revanche pode motivar os cariocas, uma vez que eles foram eliminados pelos gremistas nas oitavas de final da Copa do Brasil, perdendo inclusive em casa por 2 a 0 em um duelo que o time das Laranjeiras ficou com menos um homem em campo desde os cinco minutos do primeiro tempo, devido à expulsão do zagueiro Nogueira.
No Campeonato Brasileiro as duas equipes não fazem campanhas ruins. Melhor é a do Grêmio, que chegou aos 15 pontos após bater o Bahia por 1 a 0 e aparece na segunda colocação. O Fluminense, que tenta reagir após a derrota de 3 a 1 para o Palmeiras, tem dez pontos e pretende ingressar no G6, a zona de classificação para a Copa Libertadores.

Rever Inaugura as Redes do novo Estádio do Flamengo

O Flamengo acabou com a sequência negativa no Campeonato Brasileiro ao vencer a Ponte Preta por 2 a 0, na noite desta quarta-feira. A partida marcou a estreia da equipe carioca na Ilha do Urubu e também a do meia Dario Conca, que entrou no segundo tempo. Com o resultado, os rubro-negros chegaram a dez pontos na Série A. Já os campineiros permaneceram com a mesma pontuação do rival.

Os donos da casa tiveram o controle da partida durante os 90 minutos. No entanto, o Flamengo só abriu o placar nos acréscimos do primeiro tempo, com Réver. Na etapa final, Leandro Damião fez o segundo para garantir o triunfo rubro-negro.

Na próxima rodada, os flamenguistas terão o clássico contra o Fluminense, no domingo, no Maracanã. Por sua vez, no sábado, a Ponte Preta encara o Santos, no Pacaembu.

Corinthians Consegue Desempenho Anormal no Futebol

O técnico Fábio Carille diversas vezes já disse que não pensa em sequências de jogos nem faz projeções para o seu time, analisando sempre as possibilidades jogo a jogo. Mesmo com a sobriedade para analisar a equipe, porém, ele reconhece que os 90,5% de aproveitamento conquistados nas sete primeiras rodadas não eram esperados para uma equipe vista com um elenco abaixo do desejado para um Campeonato Brasileiro tão longo.
“Para chegar ao título de um campeonato a gente busca sempre equilíbrio, trabalha com um aproveitamento de 70% de pontos”, explicou o comandante, apontando a performance como algo muito acima do imaginado. O desempenho dentro de campo, no entanto, foi exaltado.
“Anormal é a pontuação, não é anormal o rendimento. São jogos em que a equipe tem mostrado o padrão, a repetição que a gente leva nos treinamentos. É claro que você não vai conseguir jogar bem 38 rodadas, mas é isso, conseguimos ganhar mesmo em duelo difícil como esse”, afirmou o treinador, que tem seis triunfos consecutivos e chegou a 20 partidas sem perder na atual temporada.
Nada disso, porém, parece abalar o estilo centrado de Carille, ainda que ele pareça cada vez mais “solto” para emitir as suas opiniões. “Não vou ficar pensando muito em invencibilidade, sei que vão falar bastante disso daqui para frente, vou continuar pensando muito no meu grupo de atletas e trabalhando jogo a jogo”, observou.
Sem ficar atrás do placar desde a partida contra o São Paulo pela primeira fase do Campeonato Paulista, quando Maicon fez um gol de cabeça no começo da etapa final, 15 minutos antes de Jô deixar tudo igual, Carille ainda relembrou uma frase do técnico Tite para avaliar o bom momento. Assim como o “mentor”, ele disse estar curioso para saber como a equipe vai reagir quando tiver um gol a menos que o adversário.
“Claro que vai ter jogo em que a gente vai sair atrás e é uma expectativa saber como é que vai reagir. Me preocupei muito quando o Vasco empatou e veio para cima, como minha equipe ia se comportar. Mas ela se comportou muito bem. É muito grande a porcentagem de times que saem na frente e são vencedores. Facilita, sim, porque o adversário tem que se atirar mais e a gente consegue fazer bem esse jogo”, concluiu.

Vasco Perde Para Chapecoense e Agora Luta Contra o Rebaixamento

O Vasco segue sem vitórias fora de casa no Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na noite desta quarta-feira, na Arena Condá, em Chapecó, o time carioca foi derrotado pela Chapecoense por 2 a 1. O resultado fez a equipe catarinense subir para a quarta colocação com 13 pontos, enquanto o Vasco segue com nove pontos ganhos, na 12ª posição. Os gols foram marcados por Andrei Girotto e Arthur para a equipe da casa, enquanto Jean anotou para o time de São Januário.
O jogo foi equilibrado e a Chapecoense foi mais objetivo para aproveitar as oportunidades que surgiram durante a partida. O Vasco entrou com uma formação cautelosa e não conseguiu se encontrar, em momento nenhum da partida. E só não sofreu mais gols por causa da ótima atuação do goleiro Martín Silva.
Na próxima rodada, a Chapecoense vai enfrentar o Botafogo, no Índio Condá; o Vasco vai receber o Avaí, em São Januário.

Botafogo Vacila Em Salvador

Depois da quarta partida sem vitória no Campeonato Brasileiro, o técnico Jair Ventura tentou passar uma imagem de tranquilidade. Para o treinador alvinegro sua equipe fez um primeiro tempo muito bom no Barradão, mas entrou desatenta no segundo tempo e acabou permitindo a reação do adversário.
“Combinamos tanto de tomar cuidado nos 15 minutos iniciais, porque sabíamos que existiria a pressão. E acabamos tomando um gol muito cedo, com quatro minutos”, reclamou Jair.
Na entrevista coletiva após o empate por 2 a 2, o técnico alvinegro explicou que mesmo depois do time sofrer o empate, o Botafogo ainda conseguiu criar as melhores oportunidades, apesar de não ter conseguido marcar o gol que definiria a vitória do time carioca.

Coritiba x Bahia - O Grande Jogo da Rodada

Com uma sequência de dois jogos em casa pela frente, o Coritiba tenta se manter próximo dos líderes do Campeonato Brasileiro 2017, começando nesta quinta-feira, às 16 horas (de Brasília), diante do Bahia, no estádio Couto Pereira. O Tricolor, por sua vez, faz uma boa campanha, mas ainda com altos e baixos, e tenta se estabilizar na classificação arrancando também pontos fora de seus domínios.

Defendendo um tabu de 32 anos sem perder para o adversário no Brasileirão, o Coxa entrará em campo reforçado com o retorno do volante Matheus Galdezani, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo diante do Botafogo. Em compensação, o técnico Pachequinho não poderá contar com o lateral-esquerdo William Matheus. Com isso, Thiago Carleto poderá fazer sua estreia com a camisa alviverde.

A boa fase anima o torcedor, mas também tem seus efeitos colaterais. O atacante Henrique Almeida, aliás, alerta que a exposição dada ao time também deixa os adversários em alerta, mais fechados, dificultando o trabalho do time em campo. “A gente sabe que, chamando a atenção, as equipes que vem jogar com a gente, tendem a estarem mais ligadas, e precisamos redobrar todo nosso cuidado em cada partida”, avaliou.O Bahia sequer voltou para casa após o confronto diante do Grêmio e treinou em Porto Alegre para definir o time. A principal dúvida do técnico Jorginho é o zagueiro Lucas Fonseca, que saiu de campo sentido dores. A ideia é manter a mesma formação e atitude, cuidando para não falhar em momentos capitais, como aconteceu no final da partida diante dos gaúchos.
FICHA TÉCNICA
CORITIBA X BAHIA
Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 15 de junho de 2017, quinta-feira
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (Fifa/MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)
CORITIBA: Wilson; Dodô, Werley, Márcio e Thiago Carleto; Alan Santos, Matheus Galdezani e Tiago Real; Henrique Almeida, Kleber e Rildo.
Técnico: Pachequinho
BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca (Rodrigo Bekão) e Matheus Reis; Renê Júnior e Juninho; Zé Rafael, Allione e Vinícius; Edigar Junio
Técnico: Jorginho